Contacto: (47) 3393-4043

Noticias

Dicas para viajar com crianças para praia

07/03/2019



Pretende levar a criançada para curtir as férias nas praias de Bombinhas? Veja dicas e cuidados!

 

 

O turismo em Bombinhas (SC) cresce a cada dia. O destino é ideal para ir com crianças e não à toa se tornou um dos mais buscados por famílias. Alguns pais – principalmente de primeira viagem –, no entanto, ficam receosos de viajar com os pequenos por medo de que algo de ruim aconteça (o que é super compreensível). É aí que entram algumas dicas e cuidados para que a viagem em família seja completa. Com elas é possível passar férias tranquilas em qualquer praia do mundo. Vamos a elas?

 

 

 

Antes do embarque com crianças

 

 

Com quantos anos uma criança pode começar a viajar? 

 

Não há idade mínima para uma criança viajar. Porém, os pediatras recomendam evitar viagens com recém-nascidos por eles serem vulneráveis a diversos problemas de saúde. Em relação a viagens à praia, a idade recomendada é a partir dos seis meses de vida, pois a criança já tomou as principais vacinas desse período. De qualquer forma, nossa dica é que você consulte o pediatra para checar se seu filho está em boas condições de saúde para pegar a estrada;

 

 

 

O que levar na mala de criança?

 

Roupas 

 

Calcule duas trocas de roupa por dia e em seguida arrume as peças por conjunto (isso poupa tempo na hora de vestir seu pimpolho). 

 

Higiene / cuidado 

 

  • Protetor solar;
  • Algodão
  • Repelente;
  • Pomada para assadura;
  • Fraldas descartáveis;
  • Lenços umedecidos; 
  • Remédios de uso regular

 

 

Para a praia
 

  • Camisetas e bonés com proteção UV;
  • Fraldas de praia e piscina;
  • Toalha ou roupão;
  • Kits de brinquedos variados;
  • Piscina inflável (opcional);
  • Biquíni / sunga

 

Não recomendado: bóias ou coletes salva-vidas. Embora seja comum nas praias, o uso desses acessórios não são recomendados nesses casos. Segundo os próprios guarda-vidas, no mar a boia não tem eficácia e, inclusive, muitos casos de afogamento acontecem por causa delas. Bóias circulares, aquelas que contornam o corpo da criança, por exemplo, não são recomendadas porque elas podem se virar e terem dificuldade para voltar à posição normal. Por isso prefiram ficar no rasinho mesmo.

 

 

 

No embarque 

 


Tanto para quem viaja de carro, avião ou ônibus é necessário apresentar o documento de identidade ou a certidão de nascimento original da criança. Caso a viagem seja apenas com um dos pais ou um parente de até terceiro grau, a autorização não se faz necessária, apenas a comprovação de parentesco. 

 

Se vocês optarem por viajar de avião, recomendamos que no ato da compra você prefira um horário que bata com a hora da soneca. Ah! Em casos de viagem de avião não são incomuns situações onde surjam desconfortos decorrentes da mudança de altitude e pressão durante o voo. Portanto, anote essa dica: movimente a mandíbula da criança – faça-a engolir, mamar, beber água ou chupar chupeta. Essa medida simples ajuda a equilibrar a pressão do ouvido e, consequentemente, garante uma viagem tranquila para todos.

 

 


Criança na praia 

 

 

Fique de olho no horário

 

O melhor horário para levar os pequenos a praia é antes das 10 horas da manhã e após às 16 horas. Isso não significa que vocês não possam ir em outros horários, mas após esses horários é guarda sol, roupa com proteção UV e muito protetor solar, ok?

 

 

Identificação é essencial

 

Quase mil crianças se perdem dos pais ou responsáveis em praias brasileiras todos os anos. Para evitar esse momento de desespero o melhor a ser feito é identificar seu filho. Faça uma pulseira com nome da criança, o seu, número de celular e o local onde estão hospedados. Verifique se a pousada ou hotel que você está hospedado possui essas pulseiras de identificação para as crianças. Se a criança for maiorzinha, mostre pontos de referência de onde estão como barracas, por exemplo. 

 

 

Insetos? Só se for bem longe!

 

Após a absorção do protetor solar é hora de passar o repelente – próprio para os pequenos. Essa é a melhor maneira para deixar insetos beeem longe.

 

 

Hidratação e comidinhas

 

A primeira regra aqui é água, muita água! No verão nos desidratamos rapidamente, por isso mantenha bastante água por perto. No caso das comidinhas, recomendamos que antes de sair vocês tomem um café da manhã reforçado e só levam para praia o essencial como: frutas, suco, biscoito de polvilho, etc. Assim, você evita de levar várias coisas desnecessárias e que ocupam muito espaço. Ah! Cuidado com as comidas vendidas por ambulantes. As altas temperaturas são as grandes vilãs em relação a isso e vocês não precisam arriscar a viagem de vocês por um queijo coalho, não é?

 

 

E então? Tudo anotado? Então #partiuBombinhas!